Icone da página
Voce está aqui Home > Ideias de atividades para fazer nas férias com as crianças

Ideias de atividades para fazer nas férias com as crianças

Por Muralzinho de Ideias

Férias nem sempre é sinônimo de viagem. Pode ser que este ano a grana esteja curta ou que os seus dias de folga não coincidam com os dias de férias dos seus filhos. Pensando nessas possibilidades, separamos algumas ideias para garantir a diversão durante as semanas de férias dos pequenos. Acreditamos que com muita criatividade e bom humor, é possível sim curtir o período estando em casa, ou, para sair da rotina, planejando atividades que se encaixem no seu orçamento.

As sugestões a seguir podem ser realizadas no quarto, na sala, no quintal, na calçada de casa, no condomínio do prédio… Vale a pena conferir!

Banho de Chuva: Nesse período sempre ocorrem as famosas “chuvas de verão”. E chuva combina com criança feliz! Começou a pingar? Deixe as crianças livres para brincar e correr. A sensação de liberdade é maravilhosa e você pode entrar na brincadeira também.

Festa do Pijama: Chame alguns amiguinhos da escola, familiares ou vizinhos e promova uma grande festa do pijama. Legal mesmo é quando tem sessão de cinema com pipoca e café da manhã especial no dia seguinte. Monte algumas cabaninhas na sala com lençóis, cobertores, sacos de dormir, coloque alguns colchões no chão e deixe a festa rolar.

Guerra de Bexigas: Nos dias de chuva, aproveite para recolher água com ajuda da criança. Depois, quando o sol aparecer, encha um monte de bexigas para brincar com as crianças em um dia de calor. Sim, guerra de balões é diversão certa!

Arte com argila: As brincadeiras com argila podem durar o dia inteiro. Separe um cantinho onde vocês possam se sujar bastante. A modelagem é uma delícia, a argila é fresquinha e combina com os dias quentes. Depois que a argila secar, é só pintar os objetos montados com tinta.

Brincando de teatro: Vamos estimular a criatividade das crianças brincando de teatro? Pode ser com fantoches feitos com meias velhas ou com papel, por exemplo. Se as crianças quiserem virar os personagens, crie fantasias especiais ou monte-as com roupas de toda a família. Dá até para improvisar um palco no quintal. Quem resiste?

Avião de papel: Esta brincadeira é simples e sempre boa. Pode acontecer na grama, ao ar livre, dentro de casa. Pode ser com papéis coloridos ou com aquele papel que você já usou e quer brincar de reciclar. Basta soltá-los pelos ares: treinar muito será o melhor da brincadeira.

Guerra de almofadas/travesseiros: Escolham suas armas que está na hora da guerra de travesseiros! Tomando os devidos cuidados para se evitar acidentes, essa brincadeira ajuda a queimar bastante energia da garotada, que depois de uma boa disputa dorme tranquila.

Encontrar borboletas e insetos no jardim: Férias de verão sempre pedem uma atividade ao ar livre. Por que não explorar o quintal ou a área livre do prédio para encontrar borboletas, pássaros, e outros insetos? Vale até seguir uma formiguinha para encontrar a casa dela. Só não pode destruir o formigueiro. Faça um binóculo de rolo de papel higiênico, pegue uma lupa e proponha uma verdadeira expedição ao mundo do seu jardim.

Fazer bolhas de sabão: Assistir às bolhas flutuando no vento e estourando é uma diversão de verão que toda criança gosta. Você poderia comprar um frasco de solução e uma varinha numa loja, mas é muito simples fazer bolhas utilizando materiais que você já tem em casa. As bolhas podem ser feitas usando qualquer tipo de sabonete líquido.

Boliche com garrafas PET: Pode também usar fita colorida para enfeitar. Se você tiver 10 garrafas, melhor ainda! Quando as garrafas estiverem prontas, basta arrumá-las, conseguir uma bola pequena e pronto: você acaba de fazer um jogo de boliche caseiro.

Realizar um circuito de atividades: Para gastar a energia da garotada durante as férias, crie um circuito com objetos para pular, subir, escalar e dar cambalhotas. Use a imaginação com bambolês, argolas, cordas e elásticos. Estique cordas e peça que os pequenos passem por baixo sem encostar nelas, coloque bambolês no chão e diga que pulem de um para outro e oriente para que façam cambalhotas sobre colchonetes. Apresente o que deve ser feito em todo o circuito e acompanhe as crianças em cada um dos desafios.

Cuidar de uma horta: Ao cuidar de uma plantinha, seu filho desenvolve a responsabilidade, o respeito à natureza, a atenção e a coordenação motora. Selecione espécies que crescem rápido em um ambiente fechado, como cebola e feijão, para que ele note o que mudou a cada dia – as transformações podem ser anotadas ou desenhadas num diário. Institua uma rotina de cuidados, com hora certa para regar e colocar o vasinho ao sol.

Inventar histórias: Essa atividade estimula a memória e a criatividade, desinibe e, o que é melhor, pode acontecer em qualquer lugar. Comece com “era uma vez” e lance uma bola (ou algum outro objeto pequeno) para que as crianças continuem a história. Cada uma conta um pedaço e passa adiante o que está segurando nas mãos. Se tiver chance, ponha tudo no papel e leia para elas depois. Com certeza renderá boas gargalhadas, já que as tramas costumam ficar sem pé nem cabeça.

Dança das Cadeiras: Esta brincadeira é antiga, mas desenvolve a coordenação, o ritmo, a concentração e a agilidade dos pequenos. As crianças correm ao redor das cadeiras e, quando a música termina, tentam sentar. Como sempre falta um lugar, um participante cai fora a cada rodada. Mas você não precisa desmontar a sala ou levar a mobília para o playground. Recorte círculos ou quadrados de cartolina colorida e fixe as figuras no chão com fita crepe.

Recorta e cola: Quem não gosta de picar papel? Com uma tesoura ou as mãos, reduza revistas velhas a quadradinhos de tamanho regular – crianças mais velhas podem se encarregar da tarefa. Ponha o material em potes, forneça folhas de papel e cola branca e deixe que soltem a imaginação formando e preenchendo figuras.

Elabore uma receita e mãos na massa: Para quem tem filhos pequenos, uma boa ideia é escolher uma receita gostosa e fácil de preparar. Ignore a bagunça, deixe seu filho fazer descobertas e aproveite a diversão do momento para cozinhar a muitas mãos. Dica: prepare bolinho de chuva.

Brincando de STOP: você vai precisar de uma folha de papel e um lápis e, no mínimo, dois jogadores. A brincadeira é simples: uma vez escolhida a letra, os jogadores preenchem os espaços de cada tema pré-estipulado (animal, carro, país…), com nomes começados pela letra selecionada.

Corredor Missão Impossível: Com a fita adesiva prenda a lã nas paredes e em outros cantinhos da casa, formando um “labirinto” estilo Missão Impossível. As crianças devem passar pelos fios sem encostar (se encostar volta para o começo), quem fizer no menor tempo ganha!

Costura: Uma brincadeira simples, barata e muito divertida para os pequenos! Basta recortar um saco e transformá-lo numa tela de bordado. Com lã colorida e uma agulha (deve ser de plástico e de ponta arredondada para garantir a segurança do pequeno) a criança pode brincar de bordar. Não se preocupe com regras, deixe ele se divertir com os desenhos que ele mesmo conseguir inventar.

Twister de formas e cores: Você conhece o Twister, aquele jogo em que você vai colocando os pés e as mãos nas diferentes cores sem poder cair? Pois é, você pode variar esta brincadeira usando cores e formas. Você recorta as formas no papel colorido, gruda no chão com fita crepe e pode inventar um monte de brincadeiras diferentes com isso. Por exemplo, atravessar nó pisando no amarelo, escolher uma forma e atravessar só pisando nela (ganha quem der menos passos para atravessar), e por aí vai.

Afunda ou flutua? Esta atividade é boa para fazer com crianças pequenas, entre 2 e 4 anos. Trata-se de um experimento para fazer as crianças aprenderem sobre as propriedades da água de um jeito divertido. Você pega uma série de objetos de uso cotidiano e coloca num pote de água para ver se afundam ou flutuam. O legal é perguntar para a criança o que ela acha que vai acontecer com o objeto quando colocado na água e depois observar sua reação diante do fato de ter ou não acertado a resposta.

Maratona de jogos de tabuleiro: Está aí uma coisa ótima e simples de fazer numa tarde chuvosa de verão: uma maratona de jogos clássicos em família. Você desce todos os jogos do armário, junta a família toda e passa um ótimo tempo junto brincando.

Tirar o brinquedo do gelo: Para brincar você vai precisar de potes de plástico, bonecos pequenos que possam molhar, sal e uma colher de café. Primeiro colocamos os bonecos nos potinhos, enchemos de água e deixamos congelar. Depois chamamos as crianças para brincar e deixamos que elas pensem em como salvar os bonecos do gelo. Você pode dar uma ajudazinha mostrando que o sal derrete o gelo. Com a colher de café é possível ir quebrando o gelo com sal e os bonecos saem sem muita dificuldade.

Apresentamos aqui apenas algumas ideias. Com certeza elas proporcionarão momentos em família cheios de carinho que vão deixar ótimas recordações. Afinal, passar as férias junto do seu pequeno pode ser uma ótima oportunidade para compartilhar deliciosos e divertidos momentos, estreitando ainda mais os laços com ele.

Dê sua opinião

Suas ideias são sempre bem-vindas no nosso Muralzinho.